Notícias

Aposentados e coordenadores em brinde durante inauguração do APOS Foto: Caique Oliveira/Sintaj

O primeiro passo para uma maior aproximação entre o SINTAJ (Sindicato dos Servidores dos Serviços Auxiliares do Poder Judiciário do Estado da Bahia) e os seus filiados aposentados foi dado. No dia 27 de setembro o sindicato lançou o projeto APOS (Aposentados e Pensionistas na Organização Sindical).

A iniciativa objetiva trazer cada vez mais aposentados e pensionistas da base para a luta sindical, estimulando a participação e o engajamento e a troca de experiências entre estes trabalhadores e os que ainda atuam no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Coordenadora dos aposentados e pensionistas, Celeste Oliveira apresentou o grupo aos presentes Foto: Caique Oliveira/Sintaj

Com um clima bastante intimista e acolhedor o evento foi aberto pela coordenadora dos aposentados do SINTAJ, Celeste Oliveira, que, visivelmente emocionada com o momento, apresentou o projeto a todos os presentes. “Aqui nós vamos ter ideias. Vamos ouvir vocês. Nós vamos tocar isso aqui juntos. Todos nós aqui temos talentos, habilidades que muitas vezes estão escondidas e aqui nós poderemos mostrar isso”, explicou Celeste.

O APOS contará com oficinas, grupos temáticos e de discussão, rodas de conversa, palestras e seminários. A estrutura do grupo será toda pensada e conduzida pelos próprios aposentados. Eles participarão ativamente das atividades sindicais, mas sempre adequando essa participação às demandas específicas do grupo, que pelo próprio afastamento do TJ-BA e faixa etária possuem necessidades diversas dos filiados ativos.

Aposentados durante inauguração do grupo APOS Foto: Caique Oliveira/Sintaj

Já na inauguração um grupo foi escolhido para iniciar os trabalhos do projeto, convidando colegas, definindo as atividades iniciais e escolhendo com as que tem maior afinidade. Estão nessa coordenação inicial os aposentados Yeda Sento Sé, Ana Araújo, Relma Leal, Vilma Rezende, Zenaide Dias, Ademar Oliveira e Ana Lúcia Penalva (Nanucha). D. Yeda, inclusive, fez uma participação especial durante a inauguração tocando piano durante o momento de confraternização ocorrido logo após a apresentação do APOS.

A repercussão do lançamento foi bastante positiva. “O evento foi muito bom. O grupo vai servir de incentivo para aquelas pessoas que ficam em casa, ociosas. Será uma oportunidade para reencontrar os amigos e a si mesmo”, elogiou a aposentada Edilma Andrade.

D. Yeda Sento Sé tocou durante a confraternização Foto: Caique Oliveira/Sintaj

“Esse grupo vai fazer com que os aposentados que estão afastados se juntem a nós. O que vai ser maravilhoso. Nós estamos criando algo novo e a coordenação está fazendo o melhor possível. É preciso que os aposentados procurem o sindicato, que se inteirem das lutas e procurem saber os seus direitos”, opinou o aposentado Ademar Oliveira.

Durante o evento, realizado no auditório do SINTAJ, também foi apresentada a página exclusiva do grupo APOS que faz parte do novo site do sindicato. A guia é totalmente voltada para esse público e será alimentada com conteúdo produzido pelos participantes do projeto.

 

sindicato FORTE, servidor RESPEITADO!

Comentários