Notícias

Foto: Caique Oliveira/Sintaj

Na manhã desta segunda-feira (15) a coordenadoria do Sindicato dos Servidores dos Serviços Auxiliares do Poder Judiciário do Estado da Bahia (SINTAJ) se reuniu com secretários, assessores e supervisores filiados para discutir o projeto do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que promove mudanças no pagamento da verba por Condições Especiais de Trabalho (CET).

A coordenadora jurídica da entidade, Elizabete Rangel, explicou para os trabalhadores todas as modificações que o texto propõe, esclarecendo quais cargos terão que se adequar às alterações e quais permanecem com o pagamento do benefício de acordo com a situação atual.

Elizabete também relatou quais as possíveis alternativas pensadas pelo sindicato para amenizar a situação daqueles que, de alguma forma, poderão ter perdas, caso o projeto seja aprovado como está pelo Tribunal Pleno da Corte.

Para integrar, juntamente com a coordenação, uma comissão para viabilizar os estudos efetivos dessas possibilidades foram escolhidos três representantes dos servidores, um de cada cargo convocado para a reunião.

Durante o encontro os trabalhadores também tiraram suas dúvidas em relação ao texto e expressaram suas opiniões sobre a proposta e as soluções apontadas pelo SINTAJ.

sindicato FORTE, servidor RESPEITADO!

Comentários