Notícias

No último sábado (3) o coordenador geral do SINTAJ (Sindicato dos Servidores dos Serviços Auxiliares do Poder Judiciário do Estado da Bahia), Antonio Jair, falou sobre a articulação que o sindicato já vem fazendo para iniciar a negociação da pauta de reivindicações da categoria com o novo presidente do TJ-BA (Tribunal de Justiça da Bahia), desembargador Gesivaldo Britto. O dirigente comentou o assunto no Programa do Trabalhador, transmitido pela Rádio Metrópole, no qual tem participação fixa.

“Diferente dos outros anos, antecipamos a nossa assembleia de construção da pauta de reivindicações. Fizemos a pauta de 2018 em dezembro de 2017. Para já iniciar o ano sabendo o que fazer.  Nós estivemos na posse do presidente no dia 1º e procuramos a assessoria para já buscar marcar uma reunião em que ele possa nos ouvir. Estamos aguardando por esses dias a resposta do Tribunal de Justiça”, relatou Jair.

O coordenador afirmou que o que não pode acontecer é o gestor só receber os trabalhadores a partir da realização de manifestações, como ocorreu na administração da agora ex-presidente, desembargadora Maria do Socorro Santiago e ainda fez um balanço da última gestão.

“Quando a gente faz um comparativo entre o que a gente vem lutando para conseguir e o que de fato a gente conseguiu o saldo é negativo. Mas quando a gente analisa sobre a perspectiva da luta do servidor e do sindicato é diferente. Mesmo não conseguindo tudo que a gente quer o saldo é positivo, visto que a categoria está sempre em luta e assim vai permanecer”, concluiu.

Durante o programa Jair também falou sobre os reflexos que as questões nacionais têm dentro do Tribunal de Justiça.

O Programa do Trabalhador vai ao ar aos sábados quinzenalmente. A próxima edição será no dia 17 de fevereiro.

 

sindicato FORTE, servidor RESPEITADO!

Comentários

Posts Relacionados