Notícias

Em informe veiculado no Sistema RHNet, a DRh (Diretoria de Recursos Humanos) do TJ-BA (Tribunal de Justiça da Bahia) informou que o processo referente ao abono pecuniário, aberto pelo SINTAJ (Sindicato dos Servidores dos Serviços Auxiliares do Poder Judiciário do Estado da Bahia), e seus apensos, já chegaram à Diretoria.

Na ação a presidente do TJ-BA, desembargadora Maria do Socorro Santiago, deu ganho de causa aos trabalhadores do Judiciário baiano, que assim terão o direito de receber o retroativo do abono pecuniário calculado em cima do salário inteiro de férias e não apenas a partir da remuneração normal, referente aos anos de 2011 a 2015.

De acordo com o informe, a ação deu entrada na DRh já no dia 12 de janeiro e, logo após a realização dos cálculos, será disponibilizado para cada servidor o valor a que ele tem direito. “Procedido o cálculo, o mesmo será homologado e disponibilizado no sistema RHNet com a fórmula de cálculo e o valor que cada servidor terá direito a receber”, diz a publicação.

O pioneirismo do SINTAJ em abrir essa ação tornou possível a garantia de mais esse direito para os trabalhadores da Justiça baiana e dá mais força para que a instituição siga na luta. O sindicato acompanhará de perto todo o processo e continuará cobrando do TJ-BA celeridade na realização dos cálculos e no pagamento da verba retroativa.

sindicato FORTE, servidor RESPEITADO!

 

Comentários

Posts Relacionados