TJ-BA estipula prazo de 48 horas para servidores e gestores regularizarem situação cadastral

Os 125 servidores que apresentam irregularidades no recadastramento têm 48 horas para regularizar sua situação. O prazo foi definido por decreto baixado pela presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargadora Maria do Socorro Santiago, nesta terça-feira (18).
De acordo com levantamento feito pela Diretoria de RH do Tribunal, 35 servidores não se recadastraram e outros 95 não tiveram as informações validadas pelos seus respectivos gestores.
Dentro desse período, contados a partir desta terça, os trabalhadores que não se recadastraram devem fazê-lo e os gestores que não validaram o dos outros 95 também.
O não cumprimento do decreto implicará em suspensão do pagamento de salário.

Deixe uma resposta