Notícias

O SINTAJ, Sindicato dos Servidores dos Serviços Auxiliares do Poder Judiciário do Estado da Bahia, realizou um Ato Público na manhã desta quinta-feira (2), com paralisação de 24h, em frente ao Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA).

O protesto, com direito a café da manhã, foi para reivindicar a independência do Poder Judiciário em relação ao Executivo e o pagamento do reajuste linear da categoria, retroativo a janeiro, data-base dos servidores do Judiciário baiano.

Permanecem paralisados durante todo o dia os Juizados Especiais da Capital e do Interior, Secretaria do Tribunal de Justiça e Juizado de menores.

De acordo com o G1, em nota divulgada à imprensa o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) alega que não cumpriu a reposição salarial porque aguarda determinação do Executivo, “que é quem repassa os valores e que não pode fugir da linearidade do aumento geral concedido pelo Governo do Estado”.

O SINTAJ espera que o TJBA exerça a sua independência e envie à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei específico para os servidores do Judiciário e ressalta que o mínimo esperado é a reposição da inflação do ano passado. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é considerado a “inflação oficial” do país, fechou em 5,84% em 2012.

O SINTAJ continuará lutando para que os direitos dos servidores sejam cumpridos. Caso o presidente do TJBA não encaminhe, nos próximos dias, o projeto com o reajuste para a assembleia, a categoria continuará paralisando as atividades todas as quartas-feiras. 

Sindicato forte, servidor respeitado!

Conceição do Coité – BA
Detran
Liberdade

Comentários

Posts Relacionados