Notícias

Na noite desta terça-feira (6) a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou, por 14 votos a 11, o texto da reforma trabalhista enviado pela Câmara, sem nenhuma alteração. O projeto é um desserviço à população e desvaloriza o trabalhador. A matéria foi aprovada desconsiderando completamente o clamor popular, contrário aos desmontes do governo Temer, que é, inclusive, investigado formalmente pelo Supremo Tribunal Federal por corrupção passiva, associação criminosa e obstrução de Justiça. Com isso, faz-se necessário uma mobilização ainda mais intensa em busca de eleições diretas, para que o posto de representante da nação seja ocupado por alguém que de fato represente o povo brasileiro e valorize os trabalhadores e trabalhadoras deste país.

No atual momento político, é de extrema importância que a população esteja unida em uma só voz lutando pela manutenção dos direitos e se opondo ao retrocesso que caminha à passos largos. A luta não pode parar!

Segue abaixo a lista completa dos traidores do povo:

Garibaldi Alves (PMDB-RN)
Raimundo Lira (PMDB-PB)
Simone Tebet (PMDB-MS)
Valdir Raupp (PMDB-RO)
Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
José Serra (PSDB-SP)
José Agripino (DEM-RN)
Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
Wellington Fagundes (PR-MT)
Armando Monteiro (PTB-PE)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
José Medeiros (PSD-MT)
Cidinho Santos (PR-MT)

sindicato FORTE, servidor RESPEITADO!

Comentários

Posts Relacionados