Notícias

 Coordenadores geral e financeiro do SINTAJ em reunião do Comitê na última segunda (27)

Na última segunda (27) o Comitê de Gestão de Pessoas do TJ-BA protocolou o projeto de lei que institui o teletrabalho na Corte. De acordo com a matéria, será permitido que os trabalhadores da Justiça baiana exerçam suas atividades em casa, sem ter que se dirigir à unidade judiciária.
Os coordenadores financeiro e geral do SINTAJ, Gustavo Vieira e Antônio Jair, respectivamente, fazem parte do comitê e participaram de todo o processo de elaboração do projeto. A intenção do TJ-BA ao permitir o teletrabalho é aumentar a produtividade dos trabalhadores.
Após a protocolização, o texto passará por alguns setores do Tribunal até ser votado no Tribunal Pleno. Durante a tramitação itens do projeto podem ser alterados pela Corte.
O projeto 46323/2018 está disponível para consulta pelos trabalhadores através do sistema SIGA e atualmente se encontra na chefia de gabinete da presidência.

Comentários

Posts Relacionados