Diversidade artística marca Festival de Talentos

Servidores finalistas se apresentaram no Festival de Talentos Foto: Niassa Jamena/Sintaj

Em um momento artístico que contemplou música, dança, teatro e cordel o TJ-BA (Tribunal de Justiça da Bahia), em parceria com o SINTAJ e demais entidades representativas dos trabalhadores da Corte, realizou na noite da última sexta-feira (25) o Festival de Talentos, no qual os seis servidores finalistas levaram suas apresentações ao público. O evento é uma das atividades realizadas pelo Tribunal em homenagem ao Dia do Servidor, comemorado nesta segunda (28).

Rita Araujo venceu em primeiro lugar Foto: Niassa Jamena/Sintaj

A primeira apresentação foi de Rita Araujo, esposa do Servidor Valfredo Lemos Pinto, que cantou a música “Como Nossos Pais”. Araujo fez uma interpretação carregada de emoção, imprimindo um tom pessoal à canção nacionalmente conhecida, o que lhe rendeu o primeiro lugar na premiação.

José Souza fez uma apresentação teatral em Cordel Foto: Niassa Jamena/Sintaj

Logo em seguida, José Jorge Souza, servidor filiado ao SINTAJ, realizou uma apresentação teatral, intitulada “Os dissabores de um mineirinho em uma diligência amargurada”. A peça, toda contada em Cordel, trata das dificuldades enfrentadas por um Oficial de Justiça em uma diligência.

Marília Marques conquistou o terceiro lugar com sua apresentação de dança do ventre Foto: Niassa Jamena/Sintaj

A terceira finalista a se apresentar foi a servidora Marília Marques, que conquistou o terceiro lugar fazendo uma apresentação de Dança do Ventre. Logo após Marques, o servidor Cícero Moura cantou “Argumento”, sendo muito aplaudido na sua apresentação pelos amigos que foram prestigiá-lo, assim como pelos demais presentes.

Cícero Moura cantou “Argumento”, do cantor e compositor Belchior Foto: Niassa Jamena/Sintaj

A servidora Cecília Fonte fez uma apresentação de forró, juntamente com o marido Vinícius Limeira. Os dois levaram o segundo lugar na premiação. O casal contou com um torcedor especial, o filho Júlio Fonte, de 9 anos, que não economizou nos aplausos para garantir que os pais ganhassem o ponto extra dado para quem obtivesse mais palmas da plateia, medidas através de um decibelímetro.

Cecília Fonte e o marido fizeram uma apresentação de forró Foto: Niassa Jamena/Sintaj

A última apresentação foi da servidora Isabela Leite que interpretou a canção “Quando te Vi”. Além dos pontos extras garantidos pela avaliação da plateia, os candidatos foram avaliados por um júri técnico e um júri artístico.

Isabela Leite cantou “Quando te Vi” Foto: Niassa Jamena/Sintaj

Todos os candidatos receberam troféus pela participação. O festival também sorteou brindes para a plateia. Após as apresentações dos finalistas, o público assistiu ao espetáculo “Contando Raul Seixas – Músicas e Histórias do Maluco Beleza”. O show intercala músicas com histórias curiosas da vida do saudoso Raul Seixas, sendo apresentado pelo músico e produtor cultural Marcos Clement, acompanhado pela sua banda Arapuka.

sintaj
sintaj
EDITOR
PERFIL

Posts Carousel

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Error while loading reCapcha. Please set the reCaptcha keys under Theme Options in admin area

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos