Notícias

A Fenajud (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados) e a Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério Público da União), em parceria com os seus sindicatos filiados, dos quais o SINTAJ faz parte, lançaram, nesta segunda-feira (22), uma pesquisa para avaliar os riscos psicossociais do ambiente de trabalho no Judiciário.

O tema da pesquisa é “Sofrimento e adoecimento no trabalho do judiciário e MPU” e o questionário a ser respondido ficará disponível durante 30 dias.

É muito importante que todos os trabalhadores do Judiciário baiano respondam, independente de filiação sindical, já que com os resultados será possível identificar situações de assédio moral e, consequentemente, criar políticas de combate a essa prática abusiva.

A pesquisa é aplicada em todo o território nacional e é coordenada pela professora Ana Magnólia Mendes e pelo professor Emílio Faças, do Laboratório de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho da UnB (Universidade de Brasília).

Clique aqui e preencha o formulário

Comentários

Posts Relacionados