Notícias

Mesa de Articulação Outubro

A finalização de uma carta de proposições aos problemas do Judiciário Baiano foi discutida pela Mesa Permanente de Articulações do Poder Judiciário da Bahia nesta última terça-feira (12). As propostas da carta foram apresentadas durante o seminário “Problemas e soluções para o Judiciário baiano”, realizado no último dia 12 de setembro, no auditório do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Os representantes de diversas instituições que integram o Sistema do Judiciário baiano definiram que um documento final será sistematizado e encaminhado para a aprovação final o grupo, antes de ser passada ao TJ. Além da carta, durante a reunião foi aprovado, à unanimidade, a criação de grupos de trabalhos para tratar de temas que serão definidos na próxima reunião da mesa; bem como aprovado o pedido da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (Assetba) para ingressar à Mesa Permanente de Articulações.Esta foi a 14ª reunião do grupo desde a sua criação, em 2013, e a primeira realizada após o seminário. Coordenada pela seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), a Mesa Permanente é formada por representantes do Tribunal de Justiça, Associação dos Magistrados (Amab), Ministério Público, Associação do Ministério Público (Ampeb), Defensoria Pública, Associação dos Defensores Públicos (Adep), Sindicato dos Servidores Auxiliares (Sintaj) e Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sinpojud).

Imprensa/ Bahia Notícias

Comentários

Posts Relacionados