Notícias

A imoralidade no judiciário brasileiro foi o tema levantado pelo SINTAJ como  contribuição na mobilização promovida pela FENAJUD no Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores do Judiciário, ocorrida na última quarta feira (29/10).

A ação do SINTAJ foi à panfletagem, contendo a posição do sindicato e os motivos da mobilização nas unidades da capital e através dos delegados sindicais nas unidades do interior, como também por meio das redes sociais, emails e site.

Mobilização FENAJUD 1

Com a finalidade de alcançar o máximo de servidores e população, os coordenadores do SINTAJ levaram a conhecimento público a PEC 63/2013 que tramita no Congresso Nacional, com o objetivo de criar o quinquênio sobre o subsídio da magistratura e membros do ministério público, em que, se aprovada, elevará a remuneração destes a valores bem acima do teto constitucional.

Mobilização FENAJUD 2

Enquanto entidade sindical, tendo em vista a precarização dos serviços judiciários, o SINTAJ se preocupa com a má gestão dos recursos públicos que reflete nos servidores e na prestação jurisdicional, atingindo principalmente, a toda sociedade brasileira.

Esta ação aconteceu simultaneamente em todo o país, tendo em vista que o judiciário brasileiro tem se revelado complacente em permitir diversos privilégios aos seus membros, em detrimento das reivindicações dos servidores nos diferentes estados, deixando de acolher sugestões que proporcionariam um melhor serviço no judiciário nacional.

sindicato FORTE, servidor RESPEITADO!

Comentários

Posts Relacionados