SINTAJ apresenta Pauta de Reivindicações de 2021 ao Presidente do TJBA

SINTAJ apresenta  Pauta de Reivindicações de 2021 ao Presidente do TJBA

Na manhã desta terça-feira, 09, a Coordenadoria Executiva do SINTAJ apresentou a pauta de reivindicações ao presidente do TJBA, Desembargador Lourival Trindade. O encontro foi realizado de forma virtual, por conta das restrições da pandemia da COVID-19.

O presidente iniciou o encontro falando da importância do diálogo entre a presidência e a categoria e de que esta administração tem sido pautada pela conversa permanente e respeitosa, entendendo as demandas específicas de cada um dos envolvidos.

A coordenadoria executiva começou falando sobre o Pedido de Providências 0000700-68.2021.2.00.0000, junto ao CNJ contra a Coordenadoria dos Juizados Especiais (COJE), que em desacordo com os decretos do TJ vem desrespeitando o rodízio estabelecido por esses decretos, ordenando que as servidoras e servidores dos juizados especiais, lotados no SAJ, não o sigam, tendo que trabalhar presencialmente todos os dias naquelas unidades.

Na sequência, a Coordenadoria Executiva apresentou os pontos de pauta, dando especial ênfase à não concessão do reajuste linear à categoria nos últimos 6 anos (2016-2021), o que vem contribuindo para o achatamento dos salários dos trabalhadores e trabalhadoras do judiciário baiano, visto que não se trata de aumento salarial e sim reposição da inflação. Além disso, a direção do sindicato chamou a atenção para a construção de um novo Plano de Cargos, do auxílio saúde, auxílio remédio para as aposentadas e aposentados e auxílio tecnológico para aqueles que estão trabalhando em home office.

O presidente depois de ouvir atentamente as demandas falou que respeita os pleitos apresentados, mas que se encontra impedido de poder atendê-las devido aos limites impostos pela Lei 173 do governo federal. Mesmo assim, disse que a presidência está à disposição para buscar soluções para implementação das demandas apresentadas.

A direção do SINTAJ está buscando soluções tanto do ponto de vista político como jurídico, no sentido de garantir os direitos das trabalhadoras e trabalhadores do judiciário baiano. Para tanto, está fazendo os devidos estudos para que os pleitos da categoria sejam atendidos. Nesse sentido, e depois do aval do presidente Lourival, terá uma outra reunião nos próximos dias, com os membros da administração do TJ para tratar todos os pontos de pauta apresentados.

Estiveram presentes na reunião, além do presidente do TJBA, membros da administração e os coordenadores Celeste Oliveira, coordenadora dos aposentados, Edson Rocha, coordenador jurídico, Luiz Claudio Oliveira, coordenador administrativo-financeiro, Paulo Fernando, coordenador de convênios, Gustavo Vieira, coordenador intersindical e Alberto Miranda, coordenador de comunicação e imprensa.

4 comentários
sintaj
sintaj
EDITOR
PERFIL

Posts Carousel

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

4 Comentários

  • Avatar
    Jair
    9 de fevereiro de 2021, 15:20

    Parabéns à iniciativa do Sintaj, que age no sentido de correr atrás do pleito dos servidores.
    Temos que buscar de forma concreta e ágil a realização das nossas reivindicações.
    Parabéns a todos…

    REPLY
  • Avatar
    Rafael
    10 de fevereiro de 2021, 11:40

    Desculpa a sinceridade, mas isso aí é mais do mesmo de todos os anos. Ficaremos o governo todo de ruim costa sem reajuste e ninguém faz nada de concreto.

    REPLY
    • Avatar
      ANILTON Rocha @Rafael
      10 de fevereiro de 2021, 18:29

      O Presidente já deu o banho de água fria nos servidores, respeita o pleito, mas está impedido, OU SEJA, BICO SECO PRA TODOS.

      REPLY
  • Avatar
    josevandro santos
    17 de fevereiro de 2021, 11:44

    Pelo que me consta o limite de gastos com salário de servidores nunca esteve tão baixo, 4,71.

    REPLY

Últimas postagens

Mais comentados

Vídeos