SINTAJ repudia medida do TJ-PB que acaba com disposição dos dirigentes sindicais

SINTAJ repudia medida do TJ-PB que acaba com disposição dos dirigentes sindicais

O SINTAJ vem a público repudiar a postura do TJ-PB (Tribunal de Justiça da Paraíba) e da Assembleia Legislativa do estado que, juntos, acabaram com a possibilidade de os dirigentes sindicais que representam os trabalhadores do Judiciário paraibano ficarem à disposição para exercerem seus mandatos nas entidades.

Os deputados da ALPB (Assembleia Legislativa da Paraíba) aprovaram um projeto elaborado pela Corte, que proíbe os servidores de se afastarem das suas atividades laborais para se dedicar à atuação sindical. É um ato flagrante de perseguição.

Fica claro que o objetivo do TJ-PB é intimidar os trabalhadores e dificultar a organização destes enquanto classe. Os dirigentes do Tribunal sabem que quando os servidores estão unidos e atuam de forma coletiva o poder de pressão é muito grande.

O SINTAJ considera esse ataque ao movimento sindical inaceitável e se coloca à total disposição dos colegas paraibanos para colaborar de todas as formas possíveis para reverter esse retrocesso que a Corte do estado está tentando enfiar goela abaixo dos seus trabalhadores.

sintaj
sintaj
EDITOR
PERFIL

Posts Carousel

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Últimas postagens

Mais comentados

Vídeos