TJ-BA apresenta plano de contingência para compensar queda de arrecadação decorrente da pandemia de COVID-19

TJ-BA apresenta plano de contingência para compensar queda de arrecadação decorrente da pandemia de COVID-19

Foto: Sintaj

Representantes da coordenação do SINTAJ se reuniram, na tarde desta terça-feira (31) com o presidente do TJ-BA (Tribunal de Justiça da Bahia), desembargador Lourival Trindade. Durante o encontro, o magistrado, que participou da conversa por videoconferência por fazer parte do grupo de risco para COVID-19, apresentou o plano de contingência da Corte para lidar com a perda de receita devido ao fechamento das unidades judiciárias, em decorrência da pandemia causada pelo coronavírus.

De acordo com o exposto pelo presidente, haverá uma revisão de todos os contratos do Tribunal e uma redução de 30% das verbas de custeio administrativas e das diárias. Também será suspenso o pagamento do auxílio transporte dos trabalhadores, exceto o dos oficiais de Justiça que estão cumprindo mandados de urgência. Ainda segundo Trindade, todos os outros pagamentos seguem com normalidade.

O desembargador destacou que a administração da Corte está empenhada em não mexer na folha de pessoal. Que é uma questão sensível para a gestão. No entanto, também afirmou que as medidas divulgadas estão de acordo com o atual momento e podem ser modificadas caso haja um agravamento da crise.

O SINTAJ está atento a todas as questões ligadas aos trabalhadores neste contexto e segue se comunicando com o Tribunal, pensando sugestões e soluções para evitar que as medidas de contingência impactem a renda dos servidores. Inclusive, o sindicato pede que todos os trabalhadores que tiverem sugestões de como diminuir a despesa ou aumentar a receita do TJ-BA nesta crise, e, assim desejarem, enviem a sua ideia para os e-mails institucionais dos coordenadores.

Como representantes do SINTAJ, estiveram presentes na reunião os coordenadores geral, intersindical e de comunicação da entidade, Rudival Rodrigues, Gustavo Vieira e Alberto Miranda, respectivamente. Representando o TJ-BA, além do presidente, também participaram do encontro o Secretário Geral da Presidência, Franco Bahia e outros membros da administração. A reunião contou ainda com a participação dos representantes de outras entidades representativas dos trabalhadores do TJ-BA.

2 comentários
sintaj
sintaj
EDITOR
PERFIL

Posts Carousel

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

2 Comentários

  • Avatar
    Lidice Marbly
    31 de março de 2020, 17:47

    Temos que reinvindicar dos Tribunais do STF a combrança de impostos sobre as grandes fortunas e o repasse teal do percentual destinado ao TJ/BA, que nao tem a clareza e publicidade necesssaria

    REPLY
  • Avatar
    Rudival
    31 de março de 2020, 19:01

    Foi uma exposição responsável acerca da realidade da arrecadação do TJBA, que precisa adotar medidas com vistas a resguardar o funcionamento do tribunal e a folha de pessoal com o menor prejuízo possível. A lucidez das medidas apresentadas dispensou argumentos contrários por parte dos representantes sindicais dos servidores. E o TJBA se mostrou mais que transparente, reforçou seu compromisso de ouvir os sindicatos antes de qualquer atitude que diga respeito aos servidores da corte.

    REPLY

Últimas postagens

Mais comentados

Vídeos