Nota de pesar pela morte do sindicalista rural Carlos Cabral

Nesta terça-feira (11) o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Rio Maria (STTR) e da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras (CTB) do Pará, Carlos cabral Pereira, foi assassinado com três tiros, na cidade de Rio Maria.
O sindicalista rural, que estava ameaçado de morte, foi morto a caminho de casa, abordado por dois homens em uma moto. Ele é o terceiro presidente do STTR que é assassinado desde o ano de 1985.
O SINTAJ, enquanto entidade que se engaja na luta pela defesa de todos os trabalhadores que não só os da categoria que representa, lamenta a morte do líder e vem a público, através dessa nota, demonstrar o seu pesar e prestar solidariedade à família do líder.
Da mesma forma, a instituição também demonstra a sua indignação e o seu repúdio a essa cultura do uso da violência para calar opositores, que tem silenciado lideranças trabalhadoras em todo o Brasil, principalmente nas áreas rurais.
Apesar de todas as ameaças, os trabalhadores não se calarão!

sintaj
sintaj
EDITOR
PERFIL

Posts Carousel

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Últimas postagens

Mais comentados

Vídeos