Sintaj acompanha sessão que julgaria redução salarial do servidor; Julgamento foi adiado

Foto: Crislene Azevedo/Fenajud


 

No último dia 7 de junho o SINTAJ, representado pelo coordenador financeiro da entidade, Luiz Cláudio Oliveira, acompanhou no STF (Supremo Tribunal Federal) a sessão que julgaria a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 2238, que discute se a União, estados e municípios, podem reduzir a jornada de trabalho e salários de servidores num cenário de crise fiscal.

A participação do SINTAJ se deu em mobilização organizada pela Fenajud, da qual participaram membros da coordenação da Federação e das entidades filiadas. Todos contra a medida que terá como resultado prático concentrar em um número menor de horas a mesma carga de trabalho. No entanto, o julgamento acabou adiado e ainda não há previsão de retorno.

A apreciação sobre a constitucionalidade começou em fevereiro, mas a análise do caso foi suspensa após manifestações dos autores da ADI (PT, PCdoB e PSB), da Procuradoria-Geral da República (PGR) e da Advocacia-Geral da União (AGU).

sindicato FORTE, servidor RESPEITADO!

sintaj
sintaj
EDITOR
PERFIL

Posts Carousel

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Últimas postagens

Mais comentados

Vídeos