PLP 257 é destaque do Plenário nesta segunda, 22

A Federação Nacional dos Servidores do Judiciário nos Estados e diversos sindicatos filiados deram início as mobilizações na Câmara dos Deputados. Mobilização acontece entre 22 e 24 de agosto

Mais uma vez os dirigentes da Federação Nacional dos Servidores do Judiciário nos Estados (Fenajud) e diversos sindicatos filiados decidiram unir forças na luta contra o Projeto de Lei Complementar 257/2016, que ataca frontalmente os direitos dos servidores federais, estaduais e municipais. Os atos tiveram início nesta segunda (22) e seguem até quarta (24).

O projeto de renegociação das dívidas dos estados com a União é o primeiro item da pauta do Plenário de hoje. Com isso, os deputados irão realizar a análise dos destaques ao texto.

Na madrugada de 10 de agosto, os deputados aprovaram o texto-base do Projeto de Lei Complementar (PLP)257/16, que propõe o alongamento dessas dívidas por 20 anos se os estados e o Distrito Federal limitarem o crescimento anual de suas despesas primárias à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Na votação, o Plenário retirou do texto do relator Esperidião Amin (PP-SC) a exigência de congelamento das remunerações dos servidores públicos estaduais por dois anos.

Entre os destaques que poderão ser votados está o que exclui do limite do IPCA às despesas com saúde, educação e segurança pública.

Mobilização

Desde que o PLP foi enviado à Câmara, dirigentes da Fenajud e dos sindicatos filiados, de todas as regiões do Brasil, se mobilizaram para impedir os retrocessos propostos pelo Projeto aos servidores. Nas últimas três semanas foram realizadas diversas ações em aeroportos, conversas com parlamentares, além da presença constante nas galerias do plenário da Casa.

Imprensa/Fenajud

1 comment
sintaj
sintaj
EDITOR
PERFIL

Posts Carousel

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

1 Comment

  • Avatar
    RUDIVAL RODRIGUES DA SILVA
    29 de agosto de 2016, 08:06

    Olá, colegas. Sugiro que se crie link ou que se poste a íntegra das matérias importantes, como é o caso do projeto 257 e da Pec 241, por exemplo. Acredito que isso poderá facilitar o acesso a quem deseje, inclusive para construir melhor entendimento e uma discussão mais produtiva.
    Abraço.

    REPLY

Últimas postagens

Mais comentados

Vídeos