Fenajud inicia nova campanha contra a Reforma Administrativa

 

Intitulada de “Chega de Mitos!” a campanha visa conscientizar os trabalhadores e trabalhadoras do serviço público e a população sobre os objetivos e efeitos da Reforma.

“Chega de Mitos!”. Com esse slogan a Fenajud – Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados oficializa, nesta quarta-feira (17), o início de uma nova campanha contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, conhecida como reforma administrativa. A ação, realizada em parceria com as entidades filiadas, será veiculada nas redes sociais, sites, bem como em outdoors e outras mídias durante o período de duração. A divulgação dos conteúdos ocorre, incialmente, de março a maio de 2021.

O objetivo é conscientizar e mobilizar os trabalhadores e trabalhadoras do serviço público e a população sobre os efeitos da Reforma Administrativa do governo federal na vida dos brasileiros e brasileiras, além de apontar quem vai ficar no prejuízo caso a PEC seja aprovada.

A campanha mostra, por exemplo, que os impactos negativos vão desde os mitos que rondam os servidores públicos, a demissão aleatória e sem justificativa de servidoras e servidores públicos até o fim da prestação de serviços públicos essenciais, que devem ser assegurados pelo Estado e não fornecidos por empresas privadas que visam ao lucro, como acesso à justiça, educação, segurança e saúde pública.

Além disso, a Fenajud visa mostrar como a Proposta pretende reduzir os investimentos em geração de emprego e renda, saneamento básico, luz, água e esgoto, direito à moradia. Enfim, ela reduzirá todos os direitos fundamentais, que serão privatizados e reduzidos ao mínimo, como ocorreu em outros países que tiveram de reestatizar suas empresas, como EUA, Inglaterra e outros.

A reforma administrativa também significa o fim do concurso público, favorecendo a retomada da velha política de preenchimento dos cargos públicos, sem a qualificação e capacitação devida, por meio de indicação de políticos. A entidade quer alertar com a campanha que todo mundo vai pagar caro por isso, mas quem mais vai sofrer é a população que mais precisa, a população mais pobre.

O material será divulgado semanalmente nas redes sociais da Fenajud e poderá ser compartilhado por todos e todas. O objetivo é um só: defender os serviços públicos e os servidores que nele atuam.

Acompanhe e participe!

Fonte: Ascom Fenajud

sintaj
sintaj
EDITOR
PERFIL

Posts Carousel

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Últimas postagens

Mais comentados

Vídeos